Contate-nos

Marketing digital: a principal maneira de alavancar seu negócio!
Avenida Paulista, 1636 - Sala 1703, São Paulo, SP
(11) 3106-2250
[email protected]
Siga-nos

Palestrantes da RD Summit falam sobre o futuro do marketing digital

Palestrantes da RD Summit falam sobre o futuro do marketing digital

Reunimos os principais pontos debatidos pelos convidados sobre o tema

Muitos insights puderam ser tirados do conteúdo palestrado durante a última edição da maior feira de marketing digital da América Latina, a RD Summit, idealizada e organizada pela empresa Resultados Digitais, referência mundial do segmento.

Durante o evento houve exposições, palestras e diversas atividades de entretenimento como show e happy hours. Além de uma praça de alimentação que acomodou mais de 60 foodtrucks.

As proporções do evento impressionaram e estima-se que desde sua primeira edição em 2013, o RD Summit tenha crescido mais de 50%.

O destaque do evento fica por conta dos palestrantes. Especialistas convidados de todas as partes do mundo para compartilhar seus conhecimentos e abrir novos horizontes para o marketing digital brasileiro.

Muitos tópicos foram discutidos, e previsões para o futuro do marketing digital feitas. A Agência Cryah, em parceria com o Programa Innova360, realizou diversas entrevistas com os principais palestrantes e aqui daremos um panorama geral das tendências apresentadas por eles no evento.

Eric Santos

O CEO do RD Station, considera que o foco dos debates está em inbound marketing, estratégia que visa a captação de consumidores através de conteúdo, jornada do cliente, adaptação dos negócios à tecnologia e, principalmente, sigilo das informações.

“Quem não conseguir interpretar a questão de dados estará morto nos próximos anos”, declarou Eric.

Ele também destacou que novas leis de privacidade representam um desafio à vista para as empresas. “Se pararmos de compartilhar dados do dia para a noite, acaba nosso business”, prevê o CEO.

Fabio Ricotta

Falou novamente esse ano sobre Inbound Marketing e estratégias, onde mostrou a importância de mapear muito bem o cliente, persona ou público-alvo antes de qualquer processo. Ele mostrou como fazer o Mapa da Empatia e aprofundar cada vez mais. Como ilustra a imagem abaixo:

Camilo Coutinho

Especialista em Youtube e dono da Double Play Media e do canal Play de Prata, Camilo já está em sua terceira participação do RD Summit e continua trazendo dicas importantes para construção de canais de qualidade.

Umas das principais dicas foi, para chamar a atenção do algoritmo do Youtube, você precisa “surfar na onda das pesquisas”.

Pegar a palavra principal do seu vídeo ou conteúdo e digitar nas pesquisas, com a sugestão do Youtube você cria o título.

Por exemplo: conteúdo do vídeo sobre “concurso para delegado”, na busca você insere a palavra “delegado” e vê as sugestões automáticas fornecidas pelo Youtube. Com elas você aproveita o volume das pesquisas.

Ann Handley

Uma das palestrantes foi Ann Handley, que deu orientações sobre como produzir conteúdos que geram conexão com a audiência, de forma muito mais profunda. Ela é a primeira Chief Conent Office do mundo. Ann falou sobre a importância de conhecer o seu público-alvo e como usar o e-mail marketing da forma certa.

“Quando escrevo para a minha newsletter, penso em um assinante. Pode ser alguém com quem conversei aqui no evento ou em uma rede social. Quanto mais pessoal for, mais universal vai ser, e mais humana a minha voz será. Independentemente do número de pessoas que recebem, você envia para uma caixa de entrada”, comentou.

Mateus Pestana

O especialista da empresa Sense Data abordou a importância do uso inteligente de dados para fidelização dos clientes.

O que antes era construído em histórico, hoje são os dados do cliente que escrevem sua história e mostra as suas mudanças de comportamento, permitindo uma entrega mais personalizada.

Usando o exemplo do Spotify, Mateus fala sobre a capacidade do aplicativo e utilizar os rastros do usuário para criar playlists personalizadas e organizá-las por estilo e humor, as chamadas “Daily Mix”.

“É preciso ter mais que o cadastro do cliente, mas saber também da sua forma de consumir, status e comportamentos para além de fidelizá-lo, ainda fazê-lo se sentir especial”, complementa o especialista.

Gabriel Folis e Renato Vieira

Também da Resultados Digitais, os profissionais palestraram sobre a arte de encantar o cliente de dentro para fora.

Os clientes têm uma jornada de interação com sua empresa e entender este caminho é o que fará você se diferenciar no atual mercado do marketing.

Eles revelam que se deve trabalhar em diversas etapas da jornada do cliente e focar nos momentos de interação para incentivar para vez mais eles a curtirem e compartilharem seus conteúdos.

“Uma abordagem comercial WOW com um processo de pós-vendas fraco, tem o poder de criar verdadeiros “haters” para seu negócio. É importante pensar em todas as etapas com muito cuidado e em detalhes, para que ao final dos trabalhos ele realmente entenda que sua empresa tem cuidado e

atenção com ele e, claro, pra que ele saia tão satisfeito que precise contar para todo mundo!”, revelaram.

Eduardo Fonseca

Eduardo Fonseca explorou em sua palestra Customer Journey 2.0 a importância da jornada do cliente para uma conversão de sucesso.

Apontou que 89% dos consumidores não voltam depois de uma experiência ruim e indaga que um dos motivos desta taxa ser tão alta, são as expectativas que os clientes criam ao entrar em contato com sua empresa.

Para gerenciar as expectativas, Eduardo Fonseca revela que fazer algumas perguntas são necessárias:

  1. O que o cliente está fazendo hoje?
  2. Por que ela está fazendo isso?
  3. O que ela deseja ou precisa alcançar?
  4. O que ela faz em cada etapa da jornada de compra e contato com sua empresa?
  5. Quais os pontos de contato ela encontra?
  6. Quais as necessidades nessas etapas?
  7. Estamos satisfazendo essas necessidades?
  8. O que ela está sentindo?
  9. Estamos causando que tipo de sentimento (raiva, alegria, tristeza)?

“Com essas perguntas claras, com certeza será possível entender melhor as expectativas dos clientes e encantá-los. Seja no atendimento ou durante o processo de interação com seu produto ou serviço”, declarou Eduardo. Segundo o especialista, essas perguntas são como bússola para criar clientes mais satisfeitos e fiéis.

Inteligência Artificial e o futuro do trabalho

O que podemos levar de insight da RD Summit 2019, além das entrevistas, são os conceitos que foram abordados pela maioria dos convidados, seja palestrantes ou expositores.

A ênfase ficou por conta das novas ferramentas de inteligência artificial como os chatbots e assistentes virtuais, que prometem vir com tudo nas estratégias de marketing digital em 2020.

Os clientes estão cada vez mais informados e detém maior poder de decisão sobre o que compram. Além disso, a possibilidade de compartilhar tudo imediatamente nas redes sociais, torna o processo de venda muito mais exigente.

Mas isso pode ser visto como oportunidade. De acordo com a Forbes Foundation, 86% dos compradores pagariam mais por uma melhor experiência, e 72% dos clientes escolhem marcas que os fazem sentir especiais, segundo o estudo What Brands Should Know About Creating Memorable Experiencies – Inmoment.

Seguindo este conceito, a empresa de telecomunicações VIVO, utilizando de Inteligência Artificial, criou a assistente virtual AURA. O sistema foi treinado pelos melhores atendentes de call center, que ensinaram a ferramenta a elaborar suas respostas e formas de atendimento.

O sistema reduziu os custos da empresa sem defasar o atendimento ao cliente. O serviço é tão inovador que mais de 60% dos clientes que tiveram contato com a AURA não perceberam que estavam falando com um robô.

Não é de hoje que sabemos que a Inteligência Artificial está revolucionando o mercado de trabalho, e perder o cargo para um robô é um medo latente na maioria dos trabalhadores.

Porém, segundo os depoimentos dos especialistas, a AI não será nenhuma ameaça para quem estiver atualizado.

Usando o exemplo da UBER, que incomoda taxistas até hoje, e as Fintechs que estão ganhando espaço frente aos bancos tradicionais.

A ideia da tecnologia é facilitar o trabalho e a vida das pessoas. As empresas que conseguirem entrar na onda de inovação, com certeza irão construir novos cargos e funções adequadas às essas ferramentas e se manter ativas no mercado, concluíram os especialistas.

Cadastre-se!

Entre para nossa lista VIP e receba materiais exclusivos que ajudarão o seu negócio.

error: