Contate-nos

Marketing digital: a principal maneira de alavancar seu negócio!
Avenida Paulista - 2073, São Paulo, SP
(11) 3106-2250
contato@cryah.com.br
Siga-nos

Como o trabalho está relacionado com a sua autoestima e equilíbrio?

Como o trabalho está relacionado com a sua autoestima e equilíbrio?

“Conhece-te a ti mesmo”, já dizia a célebre frase filosófica, cuja autoria se dá ou a Tales de Mileto para alguns, ou Platão para outros. 

Já parou para pensar que a sua autoestima (ou autoconhecimento) reflete diretamente no seu modo de trabalhar e interagir com as pessoas? Pois é.

Tudo está conectado. Acredite!

O seu desempenho nas relações interpessoais e no trabalho são simples reações de seu estado energético.

Se você está em um trabalho onde o ambiente é hostil, com chefes durões e colegas maliciosos, é bem provável que a sua autoestima vá lá para baixo. 

Como reverter isso?

Vamos discorrer sobre o assunto nas linhas abaixo. 

O que é autoestima?

Autoestima é a capacidade de uma pessoa reconhecer suas próprias qualidades e defeitos, sem se martirizar, aceitando por completo.

É também uma forma de um indivíduo se relacionar com a sua própria identidade.

Com isso, a pessoa ganha confiança, não tendo mais o receio de colocar tudo o que sente para fora, expressando seus desejos e anseios. 

Isso também pode ser entendido como amor-próprio.

Nas relações de trabalho, um profissional isento de autoestima sente-se incapaz de realizar as tarefas que lhe foram delegadas, não confia no seu potencial e, com isso perde diversas oportunidades para crescer profissionalmente. 

Características da baixa autoestima

Segundo a Sociedade Brasileira de Inteligência Emocional, o primeiro passo para equilibrar a sua autoestima no ambiente de trabalho é, obviamente, investir no seu autoconhecimento.

Vamos elencar abaixo algumas características da baixa autoestima, para melhor entendimento.

  • Não confiar em si
  • Não crer que pode realizar as melhores escolhas
  • Medo de dizer o que sente em público
  • Não emitir opiniões quando lhe é solicitado
  • Medo de se arrepender
  • Medo de tentar
  • Falta de motivação
  • Importar-se com a opinião alheia sobre sua pessoa.

São essas além de inúmeras outras características, que podem ser revertidas.

Porém, é um trabalho de formiguinha, meu caro!

Alguns passos para equilibrar a autoestima

Podemos começar esta jornada cessando aquela mania de se comparar com os outros. Independente de currículo ou status financeiro, cada um tem sua própria personalidade.

“Ah, mas ele tem isso e eu não tenho! Como pode uns tanto e outros nada?”

Cada um tem sua personalidade e conquistas próprias. 

Se revoltar por isso não leva a lugar algum. Apenas te deixa mais para baixo.

É importante dar valor ao seu próprio potencial. Independente do tamanho do seu conhecimento, desempenhe as tarefas com afinco e amor.

Amar o que faz não tem preço. 

Também é aconselhável celebrar os seus resultados e conquistas. De verdade!

Se presenteie com algo especial, indo em algum restaurante bacana com os amigos ou familiares. O sucesso só é importante e bom quando compartilhado com aqueles que são caros ao seu coração. 

Por fim, tente ser positivo ao máximo e viva o presente. O que isso significa?

Que não podemos deixar para amanhã o que podemos fazer hoje. Se você quer dizer “Eu te amo”, diga. Se julgar que algo está errado, alerte. 

Nós mesmos traçamos as nossas vidas e culpar o passado é a desculpa mais esfarrapada que existe! Portanto, lute sempre pelo melhor hoje, para colher os frutos amanhã.

Cadastre-se!

Entre para nossa lista VIP e receba materiais exclusivos que ajudarão o seu negócio.

error: