Aos descrentes no e-mail marketing: Por que investir na ferramenta em tempos de pandemia?

Aos descrentes no e-mail marketing: Por que investir na ferramenta em tempos de pandemia?

Uma vez um cliente me disse que não acreditava em e-mail marketing.

Vou confessar que eu quase tive um infarto 😂

Pensar que existem mais de 3,8 BILHÕES de usuários de e-mail no mundo, que para se cadastrar em qualquer rede social ou portal você precisa de um e-mail, que os smartphones fazem a sincronização automática da nossa conta e nos notifica a cada movimentação em nossa caixa de entrada, e ainda assim cogitar a possibilidade de não aproveitar isso em sua estratégia de marketing? Alô alô, chama o SAMU!

Claro que e-mail marketing é diferente de spam. No caso do e-mail marketing, em algum momento o lead ESCOLHEU fazer parte da sua lista e ele fica livre para se descadastrar em qualquer momento. Quando a gente fala de spam, o que existe é uma invasão dos seus dados para o envio de mensagens com conteúdos que nem fazem sentido para você e de remetentes no mínimo suspeitos.

Uma pesquisa realizada pela Pew Research, revelou que 92% dos adultos online utilizam o e-mail. Pois bem! Ele não morreu, mas como toda estratégia, também precisa ser bem trabalhado. Por isso, separei 3 dicas essenciais para você detonar na sua estratégia:

  • Segmente e seja pessoal

Uma das principais vantagens do e-mail marketing é o relacionamento. Por mais que um único disparo tenha a possibilidade de atingir milhões de pessoas de uma vez, as mensagens sempre são recebidas individualmente. É possível conhecer detalhes de diversas pessoas, sem nem saber exatamente quem elas são. A gente chama pelo nome, sabe a idade, profissão, localização, quais são as preferências e muito mais! Quer estratégia melhor do que oferecer um conteúdo que você sabe que a pessoa vai gostar? A segmentação é a chave para chamar a atenção do seu lead, criar engajamento e um relacionamento assertivo.

  • Humanização

O item acima pode ter parecido meio cafajeste né? Você sabe as informações da pessoa e usa aquilo para agradar… tipo aqueles stalkers que vasculham suas redes sociais pra fazer o assunto do date render rs

Bom, na verdade não é bem assim, porque não basta apenas saber O QUE  falar, mas também COMO falar.

Por isso é preciso ter empatia. Se colocar no lugar do cliente pode direcionar você a encontrar o que seu produto ou serviço tem, que realmente pode ajudar as pessoas e comunicar isto de forma a auxilia-las na tomada de decisões.

Em qualquer situação da vida, é por meio de nossas atitudes, honestidade e diálogos que ganhamos a confiança das pessoas. Em uma relação marca-consumidor, você pode usar o e-mail marketing como um aliado nesse diálogo e na construção de confiança. É a confiança que vai garantir que suas vendas não sejam meramente superficiais. Uma relação de consumo superficial, não tem envolvimento emocional e é frágil, ou seja, pode não se concretizar ou matar a oportunidade de alguma recompra.

  • Conteúdo dos e-mails

Sua estratégia de e-mail marketing deve ir muito além de apenas informar os benefícios que seus produtos ou serviços podem trazer para a persona. Sério, não use o e-mail apenas para enviar promoções e tentar converter venda!

É claro que isto é importante, deve e vai acontecer, mas você precisa se conectar com as pessoas e fazer diferença no dia a dia delas. Você precisa mostrar que suas intenções com elas são as melhores, e que você não está ali apenas para “fazê-las comprar” alguma coisa. Assim, é importante ensinar algo, levar informações relevantes, novidades e quem sabe até conteúdos mais lúdicos? Isso sim vai garantir um crescimento sustentável da sua empresa e também do seu segmento.

Mas por que usar e-mail marketing na pandemia pode ser um divisor de águas?

Com o avanço do Covid-19, cada empresa foi afetada de uma forma diferente, houveram reduções de custos, pessoas, salários e também nos investimentos em marketing.

Tendo em vista esse cenário, o e-mail marketing se tornou um grande aliado para ajudar você a gerar vendas de forma gratuita. A base de leads já é sua e a ferramenta também.

Pensar a longo prazo e aproveitar o momento para construir um relacionamento sólido com seus leads também pode ser uma boa alternativa. Este é o momento de investir na oferta de conteúdos e materiais educativos, a fim de criar bom posicionamento da marca.  

De forma geral, quanto mais clara, empática e humanizada forem suas campanhas de e-mails marketing, maior será a chance de criar um bom relacionamento e gerar vendas. Aproveite!

Se você precisa de ajuda com a estratégia da sua empresa, conte com a gente! Estamos com uma ação especial, onde você ganha 1 Raio X de Marketing. É só se cadastrar aqui.

Cadastre-se!

Entre para nossa lista VIP e receba materiais exclusivos que ajudarão o seu negócio.